Problemas domésticos e nerdices

17 de dezembro de 2006

O prazer da mudança

Minha casa está finalmente começando a se parecer com um lar. Hoje, o pintor veio e uma das paredes agora é vermelha. E, aos poucos, o amarelo hediondo da sala está sumindo. Meu sofá chega na semana que vem (ou assim prometeram), e minha máquina de costura já está sendo usada loucamente.

Tem algo em ocupar o espaço antes de enchê-lo de móveis que realmente me agrada. Não quer dizer que não seria ótimo poder planejar com cuidado como minha casa seria melhor aproveitada e escolher os móveis certos para cada canto. Mas como não é uma possibilidade, eu estou me divertindo com o que dá.

Voltando, a graça de ocupar a casa antes de decorar está em ver a transformação, em tirar coisas de um lugar e colocar em outro porque um móvel novo apareceu. Eu sou viciada em rearrumar coisas, em tentar melhorar o espaço. Simplesmente adoro essa coisa de renovar sem gastar um centavo.

São tantas coisas boas acontecendo de uma vez que eu mal consigo coordenar. Este fim de ano está especialmente bom. Finalmente estou num emprego que eu amo, com gente que eu respeito de verdade, fiz o curso de costura, estou jogando badminton (quando lembro de ir, claro) e, agora, minha casa está com cara de lar.

Próximo passo: comer direito.

10 de dezembro de 2006

Frases muito sonoras

Todas dos Beatles.

a thing or two to tell me
I could never really live without you

Bookworm Adventures

Baixei um jogo do PopCap chamado Bookworm Adventures Deluxe. Incrível. Eu achei que 60 minutos de free play fossem suficientes pra eu encher o saco, e de repente eu estou lá, triste porque o 60 minutos acabaram.

Agora a dúvida é: compro ou não compro? Damn!

4 de dezembro de 2006

Um blog é só um blog

Eu não quero mudar o mudo com meu blog. Também não quero ficar rica. Eu só quero espairecer.

Eu vi um filme excelente hoje, A Fonte da Vida. Chorei do começo ao fim. E agora tou ouvindo uma música excelente, Overjoyed, do Stevie Wonder.

That's all I need. A good day in life. I'm in such a better mood now!

Over time, I've been building my castle of love
Just for two, though you never knew you were my reason
I've gone much too far for you now to say
That I've got to throw my castle away

Over dreams, I have picked out a perfect come true
Though you never knew it was of you I've been dreaming
The sandman has come from too far away
For you to say come back some other day

And though you don't believe that they do
They do come true
For did my dreams
Come true when I looked at you
And maybe too, if you would believe
You too might be
Overjoyed, over loved, over me

Over hearts, I have painfully turned every stone
Just to find, I had found what I've searched to discover
I've come much too far for me now to find
The love that I've sought can never be mine

And though you don't believe that they do
They do come true
For did my dreams
Come true when I looked at you
And maybe too, if you would believe
You too might be
Overjoyed, over loved, over me

And though the odds say improbable
What do they know
For in romance
All true love needs is a chance
And maybe with a chance you will find
You too like I
Overjoyed, over loved, over you, over you

O que anda acontecendo?

- Comprei um conjunto de sofás para a sala: são brancos, com capitonê (aprendi essa palavra ontem!) e vão ser entregues em breve;
- Comprei um aspirador de pó, pra me livrar dos pêlos dos gatos;
- Paguei todas minhas dívidas!
- Aprendi a tocar Guitar Hero com quatro botões (modo médio)!
- Estou estudando espanhol loucamente