Problemas domésticos e nerdices

22 de outubro de 2007

I cannot condone a course of action that will lead us to boredom

O bom de morar sozinha é poder fazer o que você quiser, da maneira que quiser, sempre que quiser, sem precisar negociar nada. E a negociação pode ser até fácil e rápida, mas é existente, sempre, quando você mora com alguém. Seja amigo, colega, namorado, etc. Só se salvam os gatos, que não se importam com o que você faz. Até os cachorros precisam ser levados em conta.

Mas o lado não tão bom é a solidão. Você chega em casa, ninguém está. Você sai de casa, ninguém dá tchau. Você vai cozinhar, é só pra você. Você vê um filme, ninguém ri junto.

Claro, você sempre pode chamar um amigo, mas não é a mesma coisa. Os amigos eventualmente se levantam e dizem que está tarde e que precisam ir embora. Ou então vão ficando mesmo após você ter perdido a vontade de ter companhia, e você precisa continuar entretendo a pessoa, já que ela não mora com você. Não que dividir apartamento ou ser casada seja fantástico, mas é fato que, se você quer companhia, fica mais fácil. E se você estiver num momento quieto, é só falar. Pelo menos é assim que deveria funcionar.

Eu gosto de morar sozinha, mas tá começando a cansar. Queria alguém pra ver TV comigo.

2 comentários:

Lello disse...

Você tem toda a razão. Às vezes cansa. Sinto a mesma coisa. Bjs!

Andréa Z. disse...

E eu j� t� sentindo falta da solid�o! hehehe

Beijos queridona! Saudades!