Problemas domésticos e nerdices

21 de setembro de 2009

Gerenciando o projeto que é a minha vida

Faz tempo que não escrevo nada, mas me deu uma vontade de anotar umas idéias, resolvi colocar aqui.

---

Eu não tenho muita facilidade para perceber o big picture (re: your brains), então eu arrumo dispositivos mentais que me ajudem a analisar as situações e priorizar sem precisar fazer um MBA.

Eu comecei então a pensar em todas as tarefas que tenho como parte de um projeto maior. Pode ser de vida, ou de trabalho, dá no mesmo. A questão é: como essa tarefa agrega para o objetivo final da empresa? Ou no caso, da minha vida?


E com isso vem a grande pergunta: qual é o meu objetivo final? Pra que eu estou vivendo minha vida, o que eu pretendo alcançar?

Pensei em algumas opções e, após muito pensar, eu apresento o plano 2009-2010 de resultados esperados:

- Me formar no japonês
- Ter uma vida financeiramente confortável
- Morar em outro país

Com isso, todas as ações precisam se conformar com algum desses objetivos, mesmo que tangencialmente. Às vezes, estudar italiano poderia parecer sem sentido, dado que meu objetivo é me formar no japonês, mas como o objetivo de morar em outro país pode requerer language skills que eu ainda não tenho, conjugar os dois cursos pode ser uma boa idéia. Só um exemplo.

Agora é focar em colocar todas as tarefas no lugar e gerenciar o projeto de vida, cortando excesso onde for necessário e fazendo com que o projeto seja bem lucrativo.

17 de agosto de 2009

Conto Hiperrealista Surreal

Semana passada eu me dei conta de que me aproximar emocionalmente das pessoas me dava enjôo.

Tudo começou quando eu estava lendo e-mails na internet e um rapazinho com quem eu costumo trocar flertes inocentes mandou um e-mail bem simpático, sobre um show bem legal, de uma banda que ele promove. Respondi com um comentário dúbio sobre a qualidade do som da banda e as possíveis implicações disso no andamento de uma noite qualquer.

Foram-se dois dias até que me chegou uma réplica.

Ele me respondeu com um comentário um pouco mais acalorado sobre os possíveis andamentos de uma noite qualquer. O comentário era quase social, no tipo de interação que propunha e na ênfase que dava na questão filosófico-emocional. Revidei então com uma semi-proposta de cunho ininteligível, que não pretendia despertas emoções, mas sim alimentar um jogo antropológico muito conhecido de quem não se vê no time dos casados.

Desliguei, não esperei resposta. Não esperava resposta, pois tudo transcorria como deve.

Passei alguns dias repassando minha resposta no cérebro, refazendo possíveis análises semióticas da mensagem e possível consequências do ato em si.

Nisso, já ia a quarta xícara de café. Meu cérebro estava vendendo neurônios pra pagar as sinapses, sem perceber as correlações, dada a rapidez do processo. Um barato natural. O café tem essas capacidades comigo.

Resolvi que deveria reiniciar o jogo, mas com outros jogadores. Faz bem, mantém a mente saudável e ativa. Enviei comentário similar, relacionado desta vez a uma piada enviada pra uma lista de cerca de 100 pessoas, a um outro rapaz que, vai e vem, também acaba resvalando para um chiste epistemológico.

Foi-se uma semana sem olhar e-mails, trabalhando como esperado, dançando pela vida como fazem aqueles que não têm compromisso.

A volta ao computador trouxe então o enjôo. Ambos tinham respondido, ambos tinham algo a dizer sobre as bestíssimas coisas que eu achei por bem jogar na rede. A rede não era minha, note-se, pois se caiu na rede é peixe, e eu ando numas de frango.

O primeiro me chegou com dores dramáticas de quem passou uma semana à toa, esperando uma presença em tempo real de outrém. Reclamações poéticas, ainda que de um lirismo inteligente, indicando que depois de qual seja a última resposta que enviei, algo deveria ter acontecido e não. Enjoei automaticamente e quis, naquele mesmo momento, ligar a TV no Multishow e torcer para que um programa estúpido estivesse no ar. Estava passando algo interessante, e não pude assistir. Eu estava enjoada.

O segundo, menos poético mas não menos carente, indicava, por A + B, que minha resposta não poderia passar impune e que algo precisava ser feito. Que minhas recusas em atender o telefone durante aquela semana, que de fato ocorreram, eram um desacato ao tamanho do sentimento que parecia existir entre essas duas almas. De fato, eu enjoei ao ver o telefone tocar, nem precisaria da resposta em si.

Aí temos, então: duas respostas fervorosas de necessidade de contato e pertencimento. Enjôo.

Voltei às xícaras de café. Agora eu já contava seis sobre a mesa. Cada uma delas extremamente vazia de significado e líquido.

5 de julho de 2009

Pink Lemonade

Esse suco ficou ótimo. A romã foi alçada à condição de nova fruta favorita. É um dos novos clássicos, como dizia a TNT.

Ingredientes

1 Limão
1/4 de romã
1/2 litro de água

Tire a casca do limão e pique em quatro e jogue no liquidificador. Depois, passe tudo na peneira e beba. Num dia frio como hoje, nem precisou de gelo. E eu não gosto de suco com açúcar, mas isso é cada um, cada um.

3 de julho de 2009

Email de Phishing da Gol

Recebi hoje um email fingindo ser da Gol. Não cliquei no link pra ver onde ia dar, mas consigo imaginar o tanto de gente que vai cair nesse golpe.

Se você não comprou uma passagem, então não fique curioso pra saber pq catso você recebeu um email falando que comprou.

26 de junho de 2009

DVD e CDs em promoção

Conforme prometido, segue a lista de DVDs e CDs em promoção!

http://spreadsheets.google.com/ccc?key=rvOFz0WDZqBvURL7CMaVssA


Ainda não terminei de catalogar os CDs e nem comecei os livros, então podem esperar uma próxima leva. Essa já está quase terminando. Vendi quase tudo ao enviar pra lista do trampo!

23 de junho de 2009

22 de junho de 2009

Saldão de CDs, DVDs e livros - em breve

Na semana que vem vou fazer um grande saldão de livros, CDs e DVDs. Coloco a lista aqui e, quem quiser algo, me liga ou manda email. E se você não me conhece pessoalmente, mande um comentário com seu e-mail e eu respondo!

Em breve!!!!

9 de junho de 2009

12 passos

O primeiro passo é admitir, né?

Meu nome é Laura e eu sou uma mobileholic. Nos últimos quatro anos eu tive seis celulares.

E teria mais, se o da Alcatel não fosse tão vagabundo que tive que devolver!

22 de maio de 2009

Special A Anime

Irasshai!

Estou assistindo a Special A e uma coisa me incomoda: as músicas de abertura e encerramento da segunda temporada.

Na primeira temporada as músicas eram boas: "Special Days" e "Hidamari no Gate". Não pela melodia, mas pela letra. As novas músicas tem melodias até melhores, mas as letras são daquelas que misturam termos aleatórios em inglês como "and we wish you 1 2 3 go!". Isso me incomoda.

Prefiro quando as músicas fazem sentido. Tudo bem ter termos em inglês ou qualquer outro idioma no meio, mas que façam parte da música!

Abaixo, a letra da nova abertura, Gorgeous 4U:

dare nimo watashitakunai
tsuyoku kagayaita kyou no ichi PEEJI
SO WE WISH YOU GORGEOUS FOREVER

awai PASUTERU no sora ga niji no iro ni somatta na
sore ga hajimari no SAIN kanjiru BEAT WAVE
ONE TWO THREE GO WE WILL FLY AWAY

shigekiteki na EVERYDAY AND EVERY TIME
kimi to kizamu ima o JOY TO THE LIFE

daremo ga urayamu kurai
mirai koete yukou
yume o tataeaou

hagemashi atte koboreta
namida sono kazu dake
takaku toberun da

SO WE WISH YOU GORGEOUS FOREVER
SO WE HAVE SMILE SPECIAL FOREVER

(Chachacha!)

Gabriela Cravo e Canela

Show bom do caramba hoje, viu!

Chega mais perto, moço bonito
Chega mais perto meu raio de sol
A minha casa é um escuro deserto
Mas com você ela é cheia de sol
Molha a tua boca na minha boca
A tua boca é meu doce é meu sal

Mas quem sou eu nesta vida tão louca?
Mais um palhaço no teu carnaval
Casa de sombra vida de monge
Quanta cachaça na minha dor
Volta pra casa, fica comigo
Vem que eu te espero tremendo de amor

11 de maio de 2009

Que inseto é esse?



Alguém me ajuda a descobrir que diabo de inseto é esse? Apareceram aqui em casa, vários. Parece uma vespa, mas não sei.

8 de maio de 2009

Seriados!

Eu e mais duas amigas começamos um blog sobre seriados.

http://superseriados.com/blog


Ainda está no começo, mas a gente vai começar a encher de abobrinhas interessantes rapidamente :)

7 de maio de 2009

O futuro da leitura

Amazon scares me

http://diveintomark.org/archives/2007/11/19/the-future-of-reading

When someone buys a book, they are also buying the right to resell that book, to loan it out, or to even give it away if they want. Everyone understands this.

Jeff Bezos, Open letter to Author’s Guild, 2002

You may not sell, rent, lease, distribute, broadcast, sublicense or otherwise assign any rights to the Digital Content or any portion of it to any third party, and you may not remove any proprietary notices or labels on the Digital Content. In addition, you may not, and you will not encourage, assist or authorize any other person to, bypass, modify, defeat or circumvent security features that protect the Digital Content.

Amazon, Kindle Terms of Service, 2007

4 de maio de 2009

Musica

Wordle: musica

15 de abril de 2009

10 Coisas para ajudar a manter a saúde mental

A BBC publicou um artigo ótimo esta semana sobre como manter a mente quieta, a espinha ereta e o coração tranquilo, como a música do Walter Franco.

Ele fala de dez maneiras de não sentir aquele cansaço emocional que é tão comum hoje em dia. Pra mim, o melhor de todos é o último (embora o 9 não vá mal):

10. Good things take time

"Good relationships are fundamental to human relationship," Ms Blair says. "But it's probably not the thing that people would think of if you asked them on the street."

That is, she says, "because we've been bombarded with quick fixes".

We should embrace the fact that the most important things in our lives take time.

"It's the stuff that takes the most effort that gets us through the tough times," she says.

Damn right, lady, damn right.

14 de abril de 2009

See Mike Draw

Via Lello Lopes, pegando ali pela Zona Nerd descobri um novo cartunista online genial

13 de abril de 2009

Meu futuro marido

se ele não morrer de câncer ou de um ataque fulminante, eu vou casar com o Anthony Bourdain.

10 de abril de 2009

Feiras de rua em São Paulo

Hoje é feriado, e eu queria ir à feira, mas eu me mudei recentemente e não sabia onde havia uma feira de sexta aqui perto. Já faz alguns anos, a Prefeitura tem um site muito bom para você encontrar a feira de rua mais próxima da sua casa:

http://www.prodam.sp.gov.br/semab/mercados/pesqt.htmLink

Agora eu vou lá, comer pastel e caldo de cana! Boa Páscoa!

6 de abril de 2009

Code Level of Dating Beef


Talvez seja por isso que eu não arrumo um namorado sério. Também sou picky.

31 de março de 2009

Blip.fm fora do ar - mensagem de erro sensacional

Blip.fm OS...
c2008 Fuzz Artists, Inc. All Rights Reserved.
User agent: Mozilla/5.0 (X11; U; Linux i686; en-US; rv:1.9.0.7) Gecko/2009030422 Ubuntu/8.10 (intrepid) Firefox/3.0.7
Browser: Netscape
Vendor: Ubuntu
Platform: Linux i686

Initializing boot sequence...
System check...OK
Diagnostics...
Goodness...PASSED
Betterness...PASSED
Awesomeness...OFF THE CHARTS
Warp core...ONLINE
R2-unit...SEATED
Flux capacitor...1.21 GIGAWATTS
Snack break...............BACK
Reading failblog...LOLZ
Summoning the power of Greyskull...I HAVE THE POWER
Jettisoning the kernel...
Starting AJAX...
Pinging Blip.fm...OFFLINE
Pinging Blip.fm...OFFLINE
Pinging Blip.fm...

30 de março de 2009

Bolonhesa

Eu gostaria de comer um macarrão à bolonhesa agora mesmo. Muita carne, um pouco de molho, macarrão al dente e muito parmesão ralado.

Agonias mesquinhas do dia-a-dia

É incrível como pequenas coisas podem nos deixar malucos.

Há dois dias o celular do vizinho estava me incomodando. Toda hora, toda hora, barulho de mensagem. Ele deve ter comprado um celular novo, é o que eu pensei, porque eu nunca tinha ouvido esse barulho antes. Bem o barulho genérico de mensagem da Nokia.

No começo eu até achei que fosse o meu, e saía pela casa procurando o maldito. O barulhinho de mensagem do meu celular é mega-personalizado, então eu ficava achando q devia ser mensagem de operadora me oferecendo um pacote fantástico de qualquer coisa que eu não preciso.

Analisei atentamente todas as configurações do celular pra ter certeza que o problema não era comigo. Não seria a primeira vez, então não estava furiosa.

Quando me dei conta que o barulho não era o meu próprio celular, comecei a desconfiar do vizinho. Afinal, daqui do nono andar não tem muito que se possa ouvir. E o barulho lá, me deixando louca. *Plim-plim*.

Ontem à noite, eu estava sentada no computador e ouvi de novo. Fiquei pensando que não era possível. Eu nunca ouço nem um passo de nenhum dos vizinhos, de nenhum lado (valeu, gente, vocês são ótimos!). Como pode ser que o celular eu ouvia?

Minutos depois eu desisti do computador e fui assistir uma reprise qualquer na Sony. Quando deu o intervalo eu ouvi de novo. Só que, desta vez, eu estava com os olhos na TV.

O som de mensagem é de um maldito comercial da Allianz que passa duas vezes a cada intervalo. Um dos piores comerciais que já vi: uma premissa péssima, excesso de informação e, ainda por cima, um homem feio no final. Não basta ter que aguentar os homens feios na vida real? Temos que aguentar homens feios na ficção também?

Quando a mocinha está descendo a escada rolante o celular dela toca, o que faz com que ela passe a correr risco de rolar escada abaixo (uns 36,19%, segundo análises da Allianz). Esse é o risco de morte do criador desse comercial estúpido, se um dia ele cruzar meu caminho.

Maldito celular da televisão.

27 de março de 2009

Pra wish list

Qué! Yann Tiersen no Black Session!

Lake Titicaca!

Lake Titicaca, oh Lake Titicaca
It's between Bolivia and Peru!

Lake Titicaca, oh Lake Titicaca
With waters so tranquil and blue

Lake Titicaca, oh Lake Titicaca
Why do we sing of its fame?

Lake Titicaca, oh Lake Titicaca
'Cause we really like saying its name

Titicaca!

Comics no meu Reader


Só um glimpse (essa palavra é ótima!) do meu iGoogle, a página onde estão os feeds dos quadrinhos somente. AMO.

No pr0n. Not on this page.

Skreeeeeeee!

Eu posso amar qualquer tirinha que faça piada com Body Snatchers.

25 de março de 2009

Uma parceria de sucesso

Pão, presunto e manteiga se uniram nesta noite para criar um sanduíche delicioso.

24 de março de 2009

iLiad eReader


Comprei.

Reading people like reading a book

Eu não sei se isso é um talento, se é uma maldição ou se é simplesmente uma coisa que eu coloquei na minha cabeça.

Eu tenho a impressão... não, eu tenho certeza de que percebo muito claramente a personalidade das pessoas. Eu nunca achei que isso fosse algo, eu tinha certeza que todo mundo conseguia perceber as idiossincrasias das personalidades de terceiros. Entender como a pessoa se percebe, como ela percebe os outros, o que ela considera importante, o que ela acha relevante no universo. As pequenas coisas que fazemos e dizemos revelam muito sobre isso.

Eu inclusive tinha certeza que, quando alguém fazia algo que ia contra a natureza de uma outra pessoa, essa pessoa queria mesmo era ser cruel com a outra. Sabia que aquilo ia incomodar o outro e ia lá e fazia.

Hoje eu percebo que o problema é que as pessoas não percebem muito bem quem são os outros, o que são os outros. A maioria das pessoas está sempre definindo os outros em relação a si mesmo (o que faz todo sentido), e aplicando aos outros seus valores. Essa segunda parte é a que eu acho tensa.

Então eu agora vejo isso como um "dom" extra que veio no meu pacote. Não sei falar com estranhos, mas quando conheço uma pessoa, eu entendo ela. Empatia, acho?

E, enfim, onde eu queria chegar era que, às vezes, dá pra perceber traços recorrentes da personalidade de alguma pessoa, e alguns me irritam profundamente. Coisas estúpidas, do tipo não pisar nas quebras da calçada ou qualquer coisa do tipo. E algumas dessas coisas estúpidas me irritam. Eu sei que também tenho várias delas, mas as dos outros me irritam.

Eu tenho plena consciência de que não devo reclamar dessas coisas porque elas são inconsequentes, triviais e inofensivas. Mas que elas me irritam, ah, irritam.

E quando eu estou na TPM tenho muita vontade de fazer as pessoas sofrerem por conta disso.

Felizmente a TPM já está passando. Ninguém vai sofrer este mês.

23 de março de 2009

20 de março de 2009

Pizza

Comi pizza essa semana, após uns 6 meses. Estava ótima!

12 de março de 2009

I'm not here to make friends!



Historicamente, quem diz isso, perde.

Big Hawk, Small People

A loja do site McSweeney (a melhor fonte para textos inteligentes, engraçados e feitos por escritores desconhecidos) está vendendo uma das melhores camisetas que eu já vi:

O nome é Big eagle, small people. Eu acho que ela é auto-explicável.

Não perca também a camiseta do circo:

"The caption on this T-shirt reads "Impossible you say? Nothing is impossible when you work for the circus." We've felt this way for a long time. Now we have a T-shirt that states it."

Ah, e pelos próximos três dias, todos os produtos custam até $15.

estofamento do busão

Bus_fabric_in_SP
Color by COLOURlovers

9 de março de 2009

I feel funny...


Now I feel queasy for wanting a iLiad...

Pirate Bay trial


A tirinha que todos os blogs estão postando

4 de março de 2009

Azzaro Now Women

Depilação efetiva com 3569 pinças rotativas. Tenha pernas lisas e macias!

E não faça a embalagem do seu perfume parecer um depilador.

26 de fevereiro de 2009

Spinnst Du???

Ai ai, estou apaixonada pelo alemão do comercial da Volkswagen!

18 de fevereiro de 2009

Revendo a decisão de fazer parte do mundo adulto

Quando eu acabei a faculdade e resolvi me mudar pra morar sozinha não foi difícil. Parecia ótimo ter meu próprio canto, e poder decidir a decoração, e qualquer outra coisa que tivesse que decidir. Problema todo mundo tem e a vida não tá fácil pra ninguém, e o que eu tive que resolver, eu resolvi (com muita ajuda dos meus pais).

Nessa época eu morava num apartamento que pertencia aos meus pais, então não tinha contrato e o aluguel era camarada.

Quando eu eventualmente resolvi me mudar para outra parte da cidade, fiz um contrato de aluguel, e foi a coisa mais adulta que eu já fiz. Até mesmo o carro que eu comprei antes não me deu essa sensação. Ter um contrato com meu nome, fechado com terceiros (estranhos)... nada é tão assustador quanto não atingir as expectativas de um estranho.

Mas sobrevivi, me acostumei com o lugar e sempre consegui manter uma boa relação com o proprietário.

Daí eu resolvi comprar um apartamento, e foi a coisa mais adulta que eu já fiz. Primeiro, procurar e decidir num pedaço de terra (nem é terra, comprar um apartamento é comprar paredes sobre/abaixo a cabeça de alguém), fazer um acordo para gastar uma grana que você não tem e convencer o banco de que você realmente vale aquela grana. Depois, fazer uma reforma, por menor que seja. Contratar serviços, analisar a qualidade do serviço prestado.

E eu achava que a vida adulta era boa, afinal, eu sobrevivi às coisas mais assustadoras (ter filhos ainda é uma coisa surreal).

Até que eu fui à minha primeira reunião de condomínio.

Acho que, a única maneira da discussão ser produtiva é se todas as perguntas fossem feitas com os participantes numa cabine do Domingo no Parque, onde eles só ouvissem música e dissessem "Siiim" ou "Nãaaao".

A reunião de condomínio, num prédio antigo como o meu, é mais uma lavação de roupa suja sobre pendengas que correm há décadas do que uma reunião de deliberação sobre assuntos do condomínio.

E isso deve mesmo ser inevitável. É como reunião de família no Natal ou aniversário de alguém, quando uma pessoa reclama de algo e outra lembra que é o roto falando do rasgado, "porque você lembra quando, em 98, você disse que não iria dividir com a gente aquele presente"... e começa a briga.

Em poucos momentos (ou muitos, lentos e dolorosos momentos) você percebe quem é amigo de quem, quem já tretou com quem, quem apóia o síndico, quem odeia o síndico, e, acima de tudo, quem é o síndico e se você deveria apoiá-lo ou odiá-lo.

E a discussão não progride. Seis assuntos na pauta podem se arrastar por quatro dolorosas horas. É um debate eleitoral sem tempo estabelecido para exposição, réplica ou tréplica. E onde a opinião dos eleitores importa muito pouco.

Minha decisão é de me manter completamente à parte disso. Meu tempo e meu cérebro valem mais do que tomar parte em discussões mesquinhas. Eu estou abrindo mão do meu direito de dar opinião para poder conservar minha sanidade mental.

Essa é provavelmente a única razão para se comprar um prédio na planta. No previous history. Crie seus próprios problemas com outros condôminos.

14 de fevereiro de 2009

13 de fevereiro de 2009

Seriados que eu adoro e não comprei em dvd ainda

- Taxi
- Step by Step
- Head of the Class
- Facts of Life
- Agentes da Felicidade
- O Superherói americano

E muitos outros

10 de fevereiro de 2009

6 de fevereiro de 2009

O verão está lindo!

Hoje, voltando do trabalho, peguei algumas flores da frente da escolinha aqui perto, porque o cheiro delas é sensacional. Acho que é damadda-noite.

Descendo a rua, vi umas crianças brincando na rua, subindo nas árvores, e alguns adultos passeando cachorrinhos minúsculos.

Eu vejo a vida passando para todo mundo e fico feliz de ver que o dia foi lindo não só pra mim. Meu dia foi ótimo, por mil razões.

Fiz coisas relevantes pra minha vida, coisas importantes pro meu trabalho, tive conversas divertidas e bebi com pessoas legais.

I don't think it gets better than this.

29 de janeiro de 2009

Provavelmente uma das coisas mais assustadoras já inventadas


http://www.magodasimagens.com.br/categoria.asp?cat=42

Crianças sem olhos!!

Show de St. Vincent cancelado em SP, mantido em Sorocaba

O SESC anunciou que St. Vincent, a ex-guitarrista do Sufjan Stevens e do Polyphonic Spree (o nome dela é Annie Clark, na verdade), iria fazer um show em São Paulo, no SESC Santana.

Fui comprar ingresso, dizia que estava lotado. Voltei pra casa chateada, porque o show é só no dia 11 de fevereiro, então achei que daria tempo. Entrei no site e lá diz cancelado , mas, para minha surpresa, um show em Sorocaba no dia seguinte está mantido.

Só que é quinta-feira, em Sorocaba, às 20h. No chance in hell.

Então, se alguém é da região, faz favor de ir e aproveitar por mim. Essa menina é ótima.

28 de janeiro de 2009

Wallpapers muuuuito kawaaaii!

Procurando novos fundos de tela para meu computador hoje eu encontrei esses lindos e quero compartilhar com vocês:


E esse aqui comprova que colocar sinal de maior que e menor que e uma boquinha em qualquer vegetal ou objeto inanimado tem o poder de fazê-lo kawaii automaticamente.


Clique nas imagens para ir ao local onde eu achei. Parabéns aos artistas do DeviantArt que fizeram essas belezuras!

27 de janeiro de 2009

Lentilhas cozidas ao curry

500g de lentilhas
1/2 cebola ralada (ou picada bem fina)
2 dentes de alho ralados (ou picados bem finos)
2 colheres de sobremesa (rasas) de sal
1 1/2 litros de água para ferver
Curry em pó

Coloque as lentilhas na água e deixe de molho por cerca de 1h. Após isso, leve ao fogo baixo, juntando a cebola, o alho, o sal e o curry. Deixe ferver até ficar macia.

Coma.

26 de janeiro de 2009

22 de janeiro de 2009

18 de janeiro de 2009