Problemas domésticos e nerdices

12 de novembro de 2007

As 100 Músicas que já definiram minha vida

Eu comecei a escrever pensando "uau, certamente posso fazer uma lista de 100 músicas que passaram pela minha vida". Mas aí eu pensei de novo e cheguei à conclusão de que essas 100 músicas vão eventualmente ser 150, se já não forem 230. Assim, eu decidir ir fazendo a lista ao longo da vida, porque a vida é longa, mas demasiado curta para ficar digitando por muito tempo. Eu tenho gatos pra brincar e coisas pra costurar. E, claro, Star Trek pra assistir.

E como essa lista está longe de ser completa, em vez de rankear, vou separar por temas, porque eu posso retomar os temas no futuro.

Tema de hoje:
EU ESTOU PENSANDO EM VOCÊ, VOCÊ ESTÁ PENSANDO EM MIM?

The Wildest Times of the World - Vonda Shepard: eu assistia pouco Ally McBeal, mas adorava as músicas. E essa em especial é crucial para momentos "baby are you really mine?".


Esse é o Living in a Box!
Room in Your Heart - Living in a Box: Por muitos anos eu não tive certeza de qual é o nome da banda e qual o da música. O primeiro é a música. Living in a Box é um nome extremamente ridículo para uma banda. Mas essa música é muito quase-broken heart, mas ainda há esperança. Porque, afinal, nada é mais desperate que:


"The door is open wide is anybody there?
I know this must be the room in your heart"



I Try - Macy Gray
: Essa define todo o sentimento. "We should be together, baby. But we're not." Você está lá, com a galera, se divertindo, fingindo que não percebe que ele está ali na outra ponta da mesa, fingindo que não está deseeeesperada pra ir lá falar só com ele, e pensando com você mesma "será que ele também está pensando isso?". Ele está. Mas não vai te falar e você pode ficar pelo menos imaginando a trilha sonora. "I try to say goodbye and I choke, try to walk away and I tumble, thought I try to hide, it's clear, my world crumbles when you are not near".

I Can Hear the Bells - Nikki Blonsky: Recém-saída da versão 2 do Hairspray, baseada no musical. Nada mais "are you feeling what I'm feeling" do que estar passada depois dele esbarrar em você. Um sentimento universal.


A Cyndi Lauper dirigiu a noite toda.
I Drove All Night - Roy Orbison: Essa faz mais sentido na versão da Cyndi Lauper, na verdade, a sensação de urgência é muito maior. Mas essa já supõe que a pergunta inicial foi respondida. Sim, ele está pensando em você e não vai achar uma super-invasão de privacidade e uma falha na segurança do condomínio quando você aparecer no quarto dele no meio da noite, sem ser convidada ou anunciada.



Se Enamora - Balão Mágico: Não podia faltar este clássico. Dá pra ser mais platônico do que isso?

"Quando você chega na classe
Nem sabe
Quanta diferença que faz
E às vezes
Faço que não vejo e não ligo
E finjo, ser distraída demais"
É pura poesia! Essa música me traz lágrimas nos olhos, sempre. O amor é uma coisa linda, né gente? Magia total.

Agora dá licença que eu vou ali chorar um pouquinho.

Nenhum comentário: